Na palete dos sabores, o Sercial é o sêco.

O Sercial é a última casta a ser vindimada - é a que produz o vinho  mais sêco.

Sercial

A casta chamada Sercial não se encontra tão bem documentada como a Malvasia.  A sua origem não se encontra bem  definida, mas sabemos que é oriunda de Portugal continental. Alguns escritores e historiadores pensam que originalmente poderia ter sido plantada  nas margens do rio alemão Reno, onde efectivamente ainda  persistem algumas culturas de subespécies desta casta  

Esta casta é a mais clara e a mais macia dos  vinhos Madeira. É também a que possui o paladar mais sêco de todos os vinhos produzidos na Ilha, variando entre uma côr profundamente dourada até um tom pálido, e requer um período de envelhecimento bastante longo  para poder  ser bem apreciado.  É  cultivada nas altitudes mais elevadas da plantação de vinhas, em solo com pedra vulcânica,  e são colhidas no final da época das vindimas - nas últimas duas semanas de Setembro.

No século XVI os Portugueses do continente também cultivaram vinho Sercial mais conhecido por "Esgana Cão" , devido ao seu alto teor de acidez. Mas o solo madeirense milagrosamente atribuiu características positivas a este vinho, cortou  a acidez e fê-lo ganhar um paladar sêco, fresco e suculento, pelo  qual se tornou tão famoso. As línguas mais  sensíveis ficam “enfeitiçadas” pela versão madeirense deste vinho.

Rótulo de Sercial: Freitas, Martins, Caldeira & Co. LDA
Picture

Castas

Sercial

 

Verdelho

Boal

Malvasia

Tinta Negra Mole

Volte ao topo

Pormenores: Sercial

Pormenores: Verdelho

Pormenores: Boal

Pormenores: Malvasia

Pormenores: Tinta Negra Mole

Página Príncipal

Copyright 1997 Bjelkaroy & Barbosa, Design by Limbo