Veiga França (Vinhos) Lda. Garrafa de Malvasia - este nome só existe nos anais da história.

Hoje, existem muitos rótulos de vinho, mas  poucos produtores. Muitos associaram-se para criar  firmas novas e mais fortes..

Alguns dos Produtores-Mercadores

Alguns mercadores ainda se mantém activos  hoje em dia. A dúvida pode assaltá-lo: porquê hoje em dia? Esta saga teve o seu início no séc. XIX. Só algumas - as estabelecidas há mais tempo - destas firmas sobreviveram à destruição massiva provocada  pelas doenças da vinha, em 1852, o Oïdium, com origem na América e descoberta pela  primeira vez por um jardineiro inglês, que dava pelo nome de Tucker.

Leacocks are one of the oldest wine producing lables of Madeira

As vinhas madeirenses foram “apanhadas de surpresa” pela praga Oïdium Tuckerii, e foram por isso praticamente devastadas num só “golpe”.

“Leacocks” é  um nome distinto e uma das firmas que ainda se mantêm.

Depois deste ataque fatal, os agricultores arrasados e assustados decidiram substituir as vinhas e plantar cana-de-açucar, milho e feijões. Nem tentaram replantar as vinhas. Só poucos fizeram novas plantações com vinhas mais comuns e robustas, mas quis o destino que estas vinhas fossem  atacadas pela Phylloxera Vastarix em 1873. A praga Vastarix era uma espécie de insecto  horripilante e com grande capacidade de reprodução, que agia “colando-se” às raízes das vinhas em toda a sua força. Estes insectos subterrâneos significavam o fim mesmo para os produtores mais fervorosos, que tentaram o cultivo das vinhas mesmo  após o  Oïdium.
Foram os mercadores ingleses que trouxeram alguma esperança à produção  de  vinho Madeira, após a visita destas doenças, que  devastaram as  vinhas madeirenses em menos de um quarto de século:
Thomas Leacock e Charles Blandy. Estes dois nomes nos rótulos das garrafas fazem a história do vinho da Madeira. Outros bem afamados e com reputação mundial  bem merecida são as excelentes adegas dos Barbeitos, conhecidos como  Vinhos Barbeito (Madeira), LDA. Mário Barbeito de Vasconcelos era um  apaixonado  pelo vinho e pela história da Madeira.  Mantém uma colecção pessoal de variados artigos  que remontam à colonização da Madeira. Ele devotou muito tempo à  pesquisa sobre o vinho e  Cristovão Colombo.
Existem ainda as caves  de 
H.M.Borges, e Sucrs, LDA. Henriques & Henriques, LDA, um dos maiores produtores da  actualidade, Pereira D’Oliveira (Vinhos), LDA, Vinhos Justino Henriques & Filhos, LDA, e Silva Vinhos, LDA.

Picture

Os Borracheiros

Os Tanoeiros

A magia das Estufas

O envelhecimento

Produ

 tores

Volte ao topo

Produção

Tempo de vindimar

O Lagar

Página Principal

Copyright 1997 Bjelkaroy & Barbosa, Design by Limbo